Agenda Geral | Comitês

<Agosto/2020>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031
<Agosto/2020>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Cetesb destaca ações para desenvolver gestão dos resíduos sólidos urbanos no estado

07/07/2020 - Categoria: Informes

A diretora-presidente da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Patrícia Iglecias, participou da abertura da transmissão online ao vivo com o tema “Iniciativas em Resíduos Sólidos Urbanos do Estado de São Paulo: Comitê de Integração de Resíduos Sólidos – CIRS”, realizado no mês passado. A ação contou com vários especialistas da Companhia e também foi prestigiada pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

A gestora enfatizou a importância de serem reunidos os diversos temas representados por cada um dos Grupos de Trabalho do CIRS e parabenizou o secretário e os coordenadores. Ela também chamou a atenção para a situação do estado em gestão de resíduos, que é exemplar e bem superior, qualitativamente, à média nacional, mencionando os 97,8% de resíduos dispostos adequadamente em território paulista. Patrícia Iglecias ressaltou, entretanto, que há sempre espaço para aprimoramento.

Na apresentação, a diretora de Controle e Licenciamento da Cetesb, Zuleica Lisboa, coordenadora do GT-4 lembrou que, desde 1997, o Governo de Estado vem se empenhando na melhoria das condições dos aterros sanitários e, dessa forma, conseguiu chegar à situação atual. Segundo ela, todos os avanços alcançados permitem concluir que o estado está preparado para os próximos passos, incluindo a adoção de novas tecnologias e formas de tratamento e a geração de energia.

Mapas

Entre outros materiais, a diretora mostrou mapas com informações como a vida útil dos aterros de RSU e os dados de unidades regionais e com novas tecnologias, mencionando o total de 30 aterros regionais existentes, além de dez empreendimentos novos em licenciamento, assim como seis unidades de tratamento em operação e mais seis em licenciamento. Ela comentou, ainda, sobre o novo Índice de Qualidade de Transbordos – IQT, que fará parte do próximo relatório estadual de resíduos sólidos.

Lia Helena Demange, gerente da Divisão de Logística Reversa e Gestão de Resíduos Sólidos da CETESB, destacou as ações de fortalecimento do Sigor Reciclagem, do apoio técnico aos programas “Água é Vida” e “Vale do Futuro”, e também a discussão que vem sendo promovida com a Secretaria da Fazenda visando a desoneração tributária da cadeia de reciclagem.

Ela apresentou, ainda, outras ações, como a elaboração de orientação para os municípios, sobre participação na Logística Reversa, e realização de oficinas com os gestores municipais, além do apoio à Secretaria de Desenvolvimento Social objetivando mapear os catadores no Estado e estabelecer políticas públicas de assistência social específicas.

O evento virtual, via plataforma Zoom, teve a mediação de Ivan Mello, do Grupo Gestor do CIRS, e José Valverde, coordenador do CIRS, além de outras apresentações, como a de André Simas, sobre o Plano Estadual de Resíduos Sólidos; Wagner Cabelho, referente a consorciamento e regionalização; Ricardo Cantarani, a respeito de novas rotas tecnológicas; e Malu Freire, com relação à educação ambiental e comunicação.