Agenda Geral | Comitês

<Junho/2017>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930
<Junho/2017>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Estado e Capital retomam Programa Córrego Limpo

04/04/2017 - Categoria: Eventos | SABESP

Foto: Córrego Cruzeiro do Sul (Zona Leste de São Paulo) antes (direita) e depois (esquerda) da intervenção pelo Programa - Divulgação/Sabesp (Montagem: CRHi)

O Governo Estadual paulista e a Prefeitura de São Paulo anunciaram na manhã desta segunda-feira, dia 3 de abril, a retomada das ações do Programa Córrego Limpo, que iniciaram em 2007, mas foram interrompidas entre os anos 2013 e 2016, período em que a administração anterior da Capital não cumpriu sua parte no acordo. O objetivo do programa é melhorar a qualidade de água dos mananciais, rios e córregos, com adequações no sistema de esgotamento sanitário do entorno dos córregos, trabalhos de manutenção e educação ambiental. 

Participaram da solenidade o Governador Geraldo Alckmin, o Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, o vice-prefeito de São Paulo e Secretário Municipal das Prefeituras Regionais, Bruno Covas, e o Secretário Municipal do Verde e Meio Ambiente, Gilberto Tanos Natalini. 

Pelo acordo, a Sabesp fica responsável em mapear, inspecionar e realizar a manutenção de redes coletoras, executar obras de remanejamento, ligações, interligações e prolongamento de redes coletoras, monitoramento da qualidade das águas e conscientização da população local. Já as Prefeituras regionais realizam a limpeza do leito e das margens dos córregos (corte de mato, retirada de entulho etc.), manutenção de galerias de águas pluviais (GAP) e bocas de lobo, além de verificar possíveis ligações irregulares nas GAPs, contenção de margens, fiscalização de imóveis que não estejam conectados às redes coletoras e reurbanização de fundos de vale para permitir a implantação da infraestrutura de esgotamento.

Fotos: Diogo Moreira/ A2img / Portal do Estado de São Paulo

Números
Segundo dados da Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos (SSRH), o Córrego Limpo despoluiu 149 córregos, em uma área de aproximadamente 200 km², ações que beneficiaram aproximadamente 2,2 milhões de pessoas. “A grande novidade dessa nova etapa do programa é a garantia de que o Córrego Limpo terá continuidade. Criamos uma cláusula de obrigatoriedade de adesão, ou seja, Sabesp e Prefeitura assumem um compromisso de manter ao longo do tempo suas respectivas tarefas. Isso demonstra o nosso propósito de zelar pela qualidade das águas desses córregos, que influem tanto na vida das pessoas”, disse o governador Geraldo Alckmin.

A SSRH informou que, dos 149 córregos, 47 ficaram sem manutenção e as Prefeituras Regionais vão retomar a zeladoria nos locais, além de intervenção em outros 22 córregos que sofreram invasões em suas margens.

Mais informações, clique aqui.