Agenda Geral | Comitês

<Setembro/2018>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30
<Setembro/2018>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1
2345678
910
Unidade: Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê
Data do evento: 11/09/2018
Horário: 17:00
Local: Centro de Referência em Educação
Ver mais

Processo Eleitoral do Segmento Sociedade Civil - 2019-2021

Unidade: Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê
Data do evento: 11/09/2018
Horário: 00:00
Local: FABHAT
Ver mais
">11
12
Unidade: Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê
Data do evento: 13/09/2018
Horário: 17:00
Local: Escola de Música de Alumínio
Ver mais

5a Reunião CTPA

Unidade: Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê
Data do evento: 13/09/2018
Horário: 09:00
Local: Núcleo UFSCAR - Santa Rosália
Ver mais
">13
1415
161718
Unidade: Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê
Data do evento: 19/09/2018
Horário: 17:00
Local: Centro Cultural e Educacional Brasital
Ver mais
">19
202122
23242526272829
30

ANA publica estudo do uso da água no setor industrial

20/09/2017 - Categoria: Publicações

A Agência Nacional de Águas (ANA) publicou o estudo Água na Indústria: Uso e Coeficientes Técnicos, que mapeia a demanda da indústria de transformação no Brasil. O relatório, que está disponível online, busca atualizar as informações sobre uso da água do setor para subsidiar o planejamento e a gestão de recursos hídricos como, por exemplo, a elaboração de planos de bacia e a emissão de outorgas de direito de uso da água.

Segundo o estudo, os setores de fabricação de alimentos; bebidas; papel, celulose e produtos de papel; metalurgia; produtos químicos e biocombustíveis são responsáveis por 85% da retirada de água e por 90% do consumo do recurso pela indústria da transformação. 

O relatório ainda destaca que a maior concentração de indústrias no Brasil está no Sudeste, sobretudo em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, onde há parques industriais modernos e diversificados, com destaque à indústria química e automobilística. 

A ANA ainda ressaltou que o estudo teve como base nos dados do Cadastro Nacional de Usuários de Recursos Hídricos (CNARH/ANA) e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), além de estudos próprios.  Mais informações, clique aqui