Agenda Geral | Comitês

<Setembro/2019>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930
<Setembro/2019>
DOMSEGTERQUAQUISEXSÁB
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Três municípios das Bacias PCJ estão entre os 10 melhores no ranking da ABES

30/07/2019 - Categoria: Informes

Três municípios que integram os Comitês PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) estão entre os 10 melhores do Ranking da Universalização do Saneamento 2019, da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES). Piracicaba segue em 1º lugar pelo terceiro ano consecutivo, entre os municípios de grande porte. Em segundo lugar, também com pontuação máxima (500 pontos), está Rio Claro. O município de Salto aparece em sétimo, com 499,3 pontos.

Considerado um dos mais importantes e conceituados do país, o estudo foi divulgado neste mês de junho durante o 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. A avaliação levou em conta cinco indicadores: abastecimento d´água, coleta e tratamento de esgoto, coleta e destinação do lixo doméstico. O estudo e o ranking podem ser acessados neste link: http://abes-dn.org.br/?p=26776.

O presidente dos Comitês PCJ e prefeito de Piracicaba, Barjas Negri, comemorou os resultados e destacou que a região das Bacias PCJ, com mais de 5,7 milhões de habitantes, possui bons indicadores: 94% de abastecimento de água, 90% de coleta de esgoto, 75% do esgoto coletado tratado e 99% de destinação adequada de resíduos sólidos. 

Os municípios apresentaram suas informações para o cálculo dos indicadores que compõem o ranking e foram classificados em quatro categorias, conforme a pontuação total obtida pela soma do desempenho de cada indicador. A pontuação máxima possível é de 500 pontos, quando o município alcança 100% em todos os cinco indicadores, como foi o caso de Piracicaba e Rio Claro. As categorias são: Rumo à universalização – acima de 489; Compromisso com a universalização – de 450 – 489; Empenho para a universalização – de 200 – 449 e Primeiros passos para a universalização – abaixo de 200.

Além de Piracicaba, Rio Claro e Salto, também aparecem entre os 33 municípios de grande porte na categoria “Rumo à universalização” outras cidades das Bacias PCJ como Hortolândia (498,83 pontos); Jundiaí (497,18); Paulínia (497,10); Itu (492,80) e Limeira (491,06).
“Não é demais salientar que a experiência das Bacias do PCJ com o Consórcio intermunicipal, com os Comitês e a Agência das Bacias, com sua Agência Reguladora de Saneamento, e com ampla participação da sociedade na formulação de políticas e nas cobranças para suas implantações, ajudaram muito no avanço do saneamento básico e na recuperação de seus principais mananciais hídricos”, ressaltou o presidente dos Comitês PCJ, Barjas Negri.

Segundo a ABES, compõem esta edição 1.868 municípios do Brasil - todos os que forneceram ao SNIS – Sistema Nacional de Informações de Saneamento – as informações para o cálculo de cada um dos cinco indicadores, representando 68% da população do país. A região com maior representatividade é a Sudeste, com quase 60% dos municípios. A menor é a região Norte, com apenas 2,09% deles. Somente 85 municípios entre todos os avaliados estão na categoria máxima Rumo à Universalização. Entre os de grande porte são apenas 33 municípios, todos nas regiões Sudeste e Sul, e 52 de pequeno e médio portes.